sexta-feira, 3 de setembro de 2010



Não foi a vida que quis assim
Já não sei o que faço com o que fizeram de mim
Nas auroras sempre põe um fim
Minh'alma resignada acata com um inquietante sim

Pior que uma teoria mal fundamentada
Pior que segurar o riso para não valorizar o contador de piadas
Pior que assumir que por completo estava errada

Não tenho como transpor para o papel toda minha dor
Não há fatores que me façam dizer que tudo acabou (há tempos)
Também não sei dizer como se chama o que  deveria ser um bom teor
Só sei dizer o porquê da não liberação de todo esse rancor.
É que todo esse sentimento um dia foi amor.



1 comentários:

FernandaC. disse...

para mim : o melhor!

Postar um comentário